Passatempos - Revista Saúde Hoje 4 (capa Salvador) - Ganhe 1 livro Dicas de Beleza, autografado por Mónica Lice.


Ganhe 1 livro Dicas de Beleza, autografado por Mónica Lice.

Soluções práticas, fáceis e baratas para a mulher moderna: isto nos propõe Mónica Lice neste Dicas de Beleza.
Truques, segredos e dicas para as mais diversas situações, desde maquilhagem a forma física, passando pela depilação ou por cuidados com a pele, mãos e pés, seios ou dentição, entre muitos outros exemplos.
Tratamento e soluções originais, que a leitora poderá experimentar na sua própria casa. Escrito por uma mulher e para mulheres, esta é uma obra interactiva, com muitas das dicas a resultarem de comentários e sugestões das leitoras do blogue mini-saia.
"Se fizer uma mulher que seja sentir-se mais bonita e com um sorriso no rosto, então vale a pena este livro."

Poderá ser um dos 140 vencedores dos nossos passatempos, temos mais de 250 produtos para oferecer nesta edição! Escolha até 3 produtos da sua preferência e poderá ganhar até pelo menos um deles. Participe, vai ver que vale a pena!


*5 kits OLEOBAN®, com 3 produtos cada * 10 kits Ecrinal, com 5 produtos cada * 10 kits Wiñk, com 1 voucher e 1 produto cada * 10 kits Blefarix + Reme)Sense, com 2 produtos cada * 30 kits Sonasol, com 2 produtos cada * 10 kits Yves Rocher, com 5 produtos cada * 5 kits Schwarzkopf com 2 produtos cada + necessaire * 1 livro Dicas de Beleza, autografado por Mónica Lice, autora do Blog Mini-Saia. * 2 livros Saladas, Rebentos e Cereais * 2 livros 365 Conselhos para uma vida sexual feliz * 5 livros A Verdadeira Dieta Low-Cost para Homens e Mulheres * 10 pares de meias skintoskin® * 10 esfoliantes Nafha * 10 Lip Plumpers Purelogicol * 5 bilhetes duplos para o Zoo de Lisboa * 10 embalagens do suplemento alimentar CLA 500, da Amway * 5 cds Do Re Mi Bebé, da Doremi Sounds

Para concorrer, envie o cupão da página 20, devidamente preenchido: Revista Saúde Hoje edição 4 (Capa Salvador) – Preço: 1,50€







Cuidados a ter na neve

Pratique desportos de inverno em segurança


Praticar desportos de inverno é benéfico para a saúde, mas existem alguns riscos que podem ser evitados. Antes de partir para a neve, previna-se e saiba que cuidados deve ter nesta prática desportiva.


Os desportos de inverno são uma actividade física normalmente praticada em altitude exigindo, assim, um esforço maior. Snowboard e ski são algumas das actividades que colocam à prova músculos e articulações, assim como os sistemas circulatório e respiratório. Por essa razão, o corpo deve estar preparado para as condições adversas da neve e para que a diversão também seja sinónimo de segurança.


Para evitar lesões musculares e articulares devido ao esforço e quedas, deve manter-se em forma ao longo do ano pois quanto melhor a forma física, maior a resistência. "É importante que antes de iniciar a actividade física faça aquecimento, exercitando músculos e articulações. Se for necessário, proteja as articulações com pulsos elásticos e joelheiras almofadadas", recomenda Paulo Beckert, coordenador do serviço de Medicina Física e Reabilitação da clínicacuf alvalade.


E acrescenta: "Sabemos que por vezes este tipo de desporto provoca lesões e, por isso, é ainda essencial que o equipamento esteja em boas condições. Além disso, não deve praticar desporto sozinho nem afastar-se do seu grupo."

Deve ainda fazer uma alimentação rica em fontes de energia como hidratos de carbono (massas e cereais) e proteínas (carne, peixe, ovos) para compensar o desgaste físico. É fundamental ingerir muitos líquidos, sobretudo quentes. Roupa leve e quente, utilização de protector solar e óculos de sol, calçado confortável e impermeável são outros aspectos a ter em atenção.


As unidades saúdecuf disponibilizam um programa de prevenção e preparação para a temporada de desportos de inverno, através de uma parceria entre a rede saúdecuf e a Sporski, agência especializada na organização de programas de neve. Este protocolo está disponível na clínicacuf alvalade, clínicacuf cascais e institutocuf (no Porto).

 

Um chocolate no dia dos Namorados


Sugestão São Valentim

 

 

 Um chocolate no dia dos Namorado


Para o dia mais romântico do ano um presente surpreendente e irresistível, para saborear a dois. Um chocolate é a prenda ideal para mimar a sua cara-metade num dia tão especial.

 

Desfrute uma sensação de prazer única, a sua textura e o sabor despertam os sentidos e provocam emoções. O ideal para os desejos do seu organismo. São as pequenas coisas que fazem grandes momentos, sendo o chocolate um alimento natural que contribui para o seu bem-estar.

 

Associado a uma alimentação equilibrada e numa dose diária moderada, o chocolate oferece benefícios para um dia-a-dia saudável…e amoroso.

 

Ofereça chocolates e partilhe momentos deliciosos de felicidade!

 

 

 

 

 

 

Sobre a Achoc

A ACHOC é uma Associação sem fins lucrativos que congrega os produtores de chocolates e de outros produtos a partir do cacau, bem como o de outros alimentos edulcorados incluindo confeitaria, e que os comercializem directamente ou por intermédio de terceiros no território português. A nível nacional a ACHOC integra e participa na acção da FIPA, federação da indústria dos produtos alimentares. A nível internacional integra a CAOBISCO, federação europeia que congrega a indústria das bolachas, do chocolate e confeitaria.

 

 

Solvay&Hovione atribuem 20 mil euros concurso SHIC'11

 

SOLVAY E HOVIONE DISTINGUEM INOVAÇÃO NACIONAL

 

● Concurso SHIC'11 premeia investigadores portugueses com 20 mil euros

● Dois projectos vencedores foram seleccionados entre 44 candidaturas

 

A SOLVAY PORTUGAL e a HOVIONE encerraram a 2ª edição do concurso Solvay & Hovione Innovation Challenge (SHIC'11) com a atribuição de dois prémios no domínio da inovação e do empreendedorismo. Direccionada a docentes, investigadores e estudantes universitários em Portugal, a iniciativa pretendeu diferenciar e apoiar ideias e projectos na área da investigação científica.

 

O prémio monetário atribuído às duas ideias vencedoras, num total de 20 mil euros, tem por objectivo ajudar a financiar os projectos. A este estímulo acresce o fato de os candidatos ao concurso beneficiarem da oportunidade de concretizarem contactos privilegiados com a comunidade empresarial, potenciando a sua visibilidade e a angariação de interessados na concretização destas ideias.

 

As duas equipas premiadas foram seleccionadas entre 44 ideias candidatas, que resultam do envolvimento de investigadores, docentes e estudantes universitários. A forte adesão a este desafio resulta também do esforço iniciado em 2008, aquando do lançamento da primeira edição deste concurso. O SHIC'11 implicou a realização de um road-show de contacto, que visitou, ao longo de seis meses, 14 instituições de ensino universitário, com equipas das duas empresas a promoverem sessões de divulgação e a visitarem os laboratórios.

 

Este certame envolveu personalidades do meio académico e instituições das áreas de investigação em análise. Além de responsáveis da Solvay e Hovione, o júri do concurso integrou representantes dos quatro parceiros institucionais (Sociedade Portuguesa de Química, Colégio de Engenharia Química e Biológica da Ordem dos Engenheiros, Colégio de Especialidade em Indústria Farmacêutica da Ordem dos Farmacêuticos e Agência de Inovação) e docentes universitários de prestigiado currículo.

 

João Lobo Antunes, Conselheiro de Estado, neurocirurgião e Presidente do Instituto de Medicina Molecular, enaltece a iniciativa SHIC'11 e realça a importância da investigação científica no meio académico, no encerramento desta cerimónia: "Devemos celebrar persistentemente os projectos criados nos laboratórios das faculdades portuguesas. O ensino universitário deverá ter como missão aliar-se à indústria e à produtividade, contribuindo para um aumento no PIB nacional. O investimento em I&D ainda é de apenas 1,9%, valor abaixo do objectivo 3% estipulado pela Comissão Europeia."

 

SOBRE OS PRÉMIOS

 

O Prémio Solvay, vocacionado para as áreas da Química, Engenharia Química, Materiais e Ambiente, foi ganho pelo projecto "Dye-Sensitized Solar Cells: A New Vision For Making It A Competitive Technology", desenvolvido por Adélio Mendes, Luísa Andrade e Joaquim Gabriel, docentes investigadores da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

 

O Prémio Hovione, relativo às áreas da Química Fina e do Desenvolvimento Farmacêutico, foi ganho pelo projecto "Molecularly Imprinted Devices for purification of APIs", desenvolvido pela investigadora Teresa Casimiro, do Laboratório REQUIMTE, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa. Esta proposta contou igualmente com o apoio das investigadoras Ana Isabel Aguiar Ricardo, Mara Soares da Silva e Raquel da Costa Viveiros.

 

A Hovione distinguiu mais duas candidaturas com menções honrosas. A primeira foi entregue ao projecto "Affinity Layering - An Innovative Approach Towards Cancer Theranostics", da equipa do Grupo de Engenharia Biomolecular, da Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, liderada pela Professora Ana Cecília Roque e que contou com o apoio das estudantes de doutoramento Ana Sofia Pina, Íris Batalha e Susana Palma.

 

A segunda menção honrosa foi atribuída à ideia "Super-minocycline, The stable, high-temperature resistant, novel minocycline polymorph", do Grupo de investigadores, Miguel Ângelo Rodrigues, Luís Padrela, Henrique Santos de Matos, Edmundo Gomes de Azevedo, Lídia Veloso Pinheiro, António José Neves Almeida, do Instituto Superior Técnico e da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa.

 

SOBRE OS PROMOTORES

 

A Solvay é um grupo industrial internacional do sector químico comprometido num desenvolvimento sustentável, com claro enfoque na inovação e na excelência operacional.

A recente aquisição da empresa de químicos de especialidade Rhodia criou um novo actor de dimensão global, que realiza 90% das vendas em mercados em que ocupa as três primeiras posições mundiais. A Solvay oferece um vasto leque de produtos, que contribuem para a melhoria da qualidade de vida e do desempenho dos seus clientes em mercados como bens de consumo, construção, automóvel, energia, água e ambiente, e electrónica. O grupo tem sede em Bruxelas e emprega cerca de 30 mil pessoas em 55 países. Em 2010, o Grupo registou um volume de vendas (pró forma) consolidado de 12 mil milhões de euros. A Solvay SA está cotada em bolsa, na NYSE Euronext (SOLB.BE - Bloomberg: SOLB.BB - Reuters: SOLBt.BR). No complexo industrial de Póvoa de Santa Iria, a Solvay produz, desde 1934, químicos de base para as indústrias do vidro, pasta e papel, detergência e química, entre outras, sendo responsável por cerca de 300 postos de trabalho directos e 150 indirectos.

Mais informação em www.solvay.pt.

 

A Hovione é uma empresa portuguesa dedicada à saúde humana, com 52 anos de experiência no desenvolvimento e fabrico de substâncias activas farmacêuticas. Com cinco fábricas, em Portugal, EUA, Macau, China e Irlanda, a empresa emprega 1150 colaboradores, entre os quais 180 investigadores, e exporta os seus produtos para os mercados mais exigentes do mundo. Em 2010, registou um volume de negócios de 112 milhões de euros.

Mais informação em www.hovione.pt.

 

 

 


 

         

 



Bayer promove 1ª Competição Nacional

21ª Edição do Concurso Internacional de Desenho Bayer/UNEP

 

 

Bayer promove 1ª Competição Nacional

 

·         Concurso destina-se a crianças dos 6 aos 14 anos

·         Tema do desafio "Comunidades Verdes" / "Green Communities"

·         Desenhos a concurso devem ser enviados até ao dia 16 de janeiro

___________________________________________________________________

 

A 21ª edição do Concurso Internacional de Desenho, promovido em parceria pela Bayer e a UNEP - United Nations Environment Programme, tem este ano, pela primeira vez, uma competição nacional que visa distinguir as crianças que competem em território português.

 

Subordinado ao tema "Comunidades Verdes" / "Green Communities", a competição destina-se a crianças dos 6 aos 14 anos, com gosto pelo desenho e que queiram demonstrar no papel as suas preocupações pela natureza e pelo Planeta.

 

Dos trabalhos a concurso, o júri português fará uma selecção, de onde surgirá o vencedor nacional. A selecção será enviada para a competição internacional onde serão apurados os vencedores de cada região e o vencedor global.

 

 

 

O vencedor nacional será premiado com um kit profissional de pintura e os vencedores globais e regionais (Europa, África, América do Norte, América Latina e Caraíbas, Ásia Oeste e Ásia Pacífico), receberão um prémio monetário, para além de outros prémios muito atractivos. Entre os incentivos encontra-se uma viagem para assistir à Cerimónia Oficial de cada Região e respectivo acompanhante.

 

Recorde-se que no ano passado a competição contou com a participação de quatro milhões de crianças de 99 países, um recorde de candidaturas com 600 mil participações no concurso principal e 3.4 milhões na competição especial chinesa. Portugal participou com 813 desenhos. Em 2009, a portuguesa Patrícia Santos, de 14 anos, foi a vencedora europeia da 18.ª edição deste concurso.

 

 

Os trabalhos devem ser enviados até ao próximo dia 16 de janeiro de 2012 para:

Bayer Portugal S.A.

"Concurso de Desenho"

Rua Quinta do Pinheiro, 5

2794-002 Carnaxide

 

Mais informações e como participar: www.bayer.pt

 

 

 

Sobre a Bayer

 

A Bayer é uma empresa multinacional com competências centrais nas áreas da saúde, alimentação e materiais de alta tecnologia. Com os seus produtos e serviços, a empresa pretende ser útil à humanidade e contribuir para a melhoria da qualidade de vida, criando ao mesmo tempo valor através da inovação, do crescimento e de uma elevada rentabilidade. O Grupo rege-se pelos princípios do desenvolvimento sustentável e do civismo empresarial, tanto no campo da responsabilidade social como da ética. Assim, a economia, a ecologia e o compromisso social constituem metas de igual importância na sua política empresarial. No exercício de 2010, com mais 110.000 empregados, a Bayer facturou 35.100 milhões Euros, realizou investimentos na ordem dos 1.600 milhões Euros e destinou 3.100 milhões Euros para Pesquisa & Desenvolvimento. Para obter informações adicionais consulte o site www.bayer.com



 


 







Estrelas Solidárias

Quiosque_46 Estrelas Solidárias

Estatuto do Medicamento

Estatudo do Medicamento

Os principais factores que provocam a depressão do idoso



            A depressão é um transtorno psíquico, que está associado a uma diminuição das actividades física e psicológica.
           A perturbação do estado emocional do doente, diferencia-se, de uma tristeza passageira ou problema existencial, por ser uma prolongada alteração do humor (em média 2 semanas) com um quadro clínico específico.
           A etiologia da doença é muito diversificada, pois várias causas podem contribuir para o desencadear da enfermidade:
- elementos de origem genético-hereditários (verificou-se uma maior predisposição para esta patologia em pessoas que têm casos de depressão na família), 
- biológicos (os doentes depressivos revelam dificuldades no funcionamento e na transmissão da informação entre as células nervosas) 
- psicossociais (acontecimentos traumáticos, tais como: a perda de um familiar, o desemprego, o terminar de uma relação afectiva, os acidentes, as catástrofes naturais, ertc - poderão originar uma depressão).
            Os factores que estão na origem da depressão, nesta fase da vida, são geralmente as doenças associadas ao processo de envelhecimento (as cardiovasculares, o cancro, a artrite reumatóide e a aterosclerose), as dificuldades económicas, e as muitas perdas afectivas, a morte de familiares e de amigos próximos,
-->

 o internamento em lares, o isolamento, a solidão e o abandono em que alguns idosos se encontram. No entanto, uma só causa não provoca o aparecimento da doença, mas a combinação de diversos factores, físicos, afectivos e sociais.
            A perturbação depressiva major, é uma das patologias psiquiátricas com maior incidência entre a população idosa. Os principais sintomas da doença caracterizam-se por:
- humor depressivo durante quase todo o dia, expresso nas queixas do doente ou pelo relato de outras pessoas, 
- perda do interesse por todas ou quase todas as actividades diárias (anedonia),  
- diminuição ou acréscimo do peso, sem qualquer razão aparente,  
- alterações do apetite (redução ou aumento do apetite), 
- perturbações do sono (insónia ou hipersónia), 
- agitação ou lentidão psicomotora, 
- cansaço ou falta de energia, 
- sentimentos de depreciação ou culpa exagerados, 
- diminuição da capacidade cognitiva ou da concentração 
- diminuição da competência para tomar decisões, 
- pensamentos de morte ou ideação suicida. 

            O tratamento da depressão, geralmente, é feito com acompanhamento médico e a administração de anti-depressivos, que regulam o humor e aliviam os sintomas da doença. 
             O apoio de um psicoterapeuta, que permita ao doente expressar todos as situações problema e facilitar-lhe o encontrar de uma solução para a sua própria vida. 

De certeza que o seu filho não está deprimido?



MINDKIDDO
Tem a certeza que ele não está deprimido?
Depressão infantil
Os jovens deprimem de uma forma diferente da dos adultos, tornando-se difícil aos pais e professores reconhecerem sinais de alerta de um problema que é urgente tratar.

A Oficina de Psicologia, ao criar uma equipa especializada em crianças -
MindKiddo - faz uma avaliação gratuita ao seu filho, para despiste de uma eventual depressão. Queremos que fique tranquilo!

Assegure-se de que nos encaminha o seu pedido o mais rapidamente possível, uma vez que apenas podemos oferecer as avaliações às primeiras 40 crianças e adolescentes de Lisboa (máximo: 16 anos). O rastreio à depressão juvenil irá ocorrer ao longo do mês de Janeiro, em data e hora a combinar individualmente, de acordo com a conveniência da família.


 
pedido de rastreio
 

Nos últimos 6 meses, tem reparado em alterações no seu filho? Sente que ele (a) não está bem, mas não consegue encontrar uma explicação para o seu comportamento?

A depressão, hoje em dia, já não escolhe idades e começa a ser preocupante no caso dos jovens. De facto, contam com menores recursos pessoais, menos estratégias adaptativas para fazerem face a emoções que podem ser devastadoras e têm menor facilidade em pedir ajuda.


 
Alguns sinais de possível depressão juvenil:

· Manifesta subitamente raiva,agressividade;
· Isola-se;
· Sente-se sozinho;
· Sente-se inferior aos outros;
· Está sempre preocupado;
· Chora facilmente;
· Tem dificuldade em adormecer, acorda várias vezes durante a noite;
· Queixa-se de se sentir gozado;
· O seu rendimento escolar baixou;
· Não demonstra interesse por  actividades habituais;
· Apresenta uma postura cabisbaixa, apática, triste;
· Revela dificuldade em divertir-se;
· Queixa-se de dores (barriga, cabeça), vómitos...;
· Diz que não quer viver mais;
· Repete várias vezes as mesmas acções, rituais;
· Fica confuso, sem saber onde está;
· Tem um olhar vazio, apático;
· Tem pouco apetite;
· Aparenta sentimentos de culpa.


 
Num estudo americano muito recente acaba de se chegar a uma conclusão preocupante: os pensamentos sobre suicídio e os comportamentos suicidas começam muito mais cedo do que aquilo que se pensava.

Enquanto que cerca de 1 em cada 9 jovens fazem uma tentativa de suicídio até ao final do ensino secundário, uma proporção elevada (40%) atenta contra a sua vida pela 1ª vez ainda nos primeiros 6 anos de escolaridade.

Ainda de acordo com este levantamento, as taxas de tentativa de suicídio demonstram um incremento forte por volta dos 12 anos, atingindo o seu pico pelos 14-15 anos. Sendo certo que as tentativas de suicídio coincidem com a presença de depressão, deve existir um cuidado extremo no rastreio à depressão infantil e nos adolescentes. Se tem filhos, não facilite – à menor suspeita de depressão, mais vale procurar um psicólogo!






Oficina de Psicologia
Av. Paris, nº 4, 5º
Lisboa, 1000-228 Lisboa
PT



Uma mensagem especial...